A RFI Brasil destacou, nesta terça-feira (14) “um conto de fadas que virou realidade”. Isso porque, “pela primeira vez na história do país, a previsão do tempo em um dos mais importantes canais da TV francesa — France 2 — será apresentada por uma jovem com Síndrome de Down. A experiência vai durar apenas uma noite, mas é uma grande conquista” de Mélanie Ségard.

Lei, na íntegra, a reportagem publicada:

Mélanie Ségard, de 21 anos, sempre sonhou em apresentar a previsão do tempo na televisão. Para provar que a Síndrome de Down não seria uma barreira e alertar sobre o preconceito, a federação Unapei — que reúne associações francesas de representação e defesa dos direitos das pessoas com deficiência mental e suas famílias — criou uma campanha intitulada “Mélanie peut le faire” (Mélanie é capaz, em tradução livre).

Uma página no Facebook, com um vídeo e fotos da jovem, foi criada para explicar o objetivo da campanha. A plataforma informava que se obtivesse 100 mil curtidas, Mélanie realizaria seu sonho, informa o sério Les Echos. O objetivo foi atingido em menos de uma semana, com mais de 200 mil curtidas, e a jovem apresenta na noite desta terça-feira (14) a previsão do tempo, uma semana antes do Dia Internacional da Síndrome de Down, comemorado em 21 de março.

Vários canais de TV franceses se candidataram para dar espaço à apresentadora de um dia, mas a federação Unapei preferiu concentrar a campanha no canal público France 2, explica o jornal econômico. Les Echos lembra que a anomalia no cromossomo 21 afeta 65 mil pessoas na França.

Estrela por um dia

Le Figaro dedica uma página inteira à jovem. O jornal relata que ela pedia apoio para apresentar a previsão do tempo no dia 27 de março, mas a data teve de ser antecipada diante do sucesso midíatico da campanha, explica o jornal conservador. Além da apresentação, a vida da jovem, que é embaixadora da Federação Francesa de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência Mental há algum tempo, também será tema de uma reportagem que será transmitida nesta terça-feira nos jornais do canal France 2.

O diário Aujourd’hui en France revela que, para se preparar para esta “previsão do tempo solar”, Mélanie ensaiou com a apresentadora oficial do canal. A partir de amanhã, ela retorna a sua vida normal, nota Aujourd’hui en France, o que significa tomar o ônibus sozinha para ir trabalhar em um instituto de Meudon, onde mora na região parisiense. O jornal revela que a jovem já tem um novo sonho: ser maquiadora de estrelas na TV.

Pessoas com deficiência não interessam candidato

Aujourd’hui en France aproveita o sucesso de Mélanie para questionar o programa dos candidatos à eleição presidencial francesa para pessoas com deficiência. Os 12 milhões de franceses, isto é, 12% da população que têm algum tipo de deficiência ou têm algum deficiente na família, também votam. “E se eles fossem enfim ouvidos?”, pergunta o diário.

Um coletivo foi criado para pedir aos candidatos respostas claras às reivindicações desse público, como escolaridade, acesso ao trabalho e renda. Os organizadores, celebridades francesas como o cantor Grand Corps Malade, portador de deficiência física, lamentam que o tema ocupe apenas um minuto e dez segundos dos comícios dos candidatos na atual campanha.

Fonte: http://pontopm.com.br/portal/?p=14671