Menina de 4 anos esperava matrícula em escola desde o começo do ano.
Mãe diz conseguir dormir após inscrição da filha em escola, da Asa Norte.

diretora consegue vaga para dauzita

Mesmo sem vagas e na metade do semestre, a diretora de uma escola pública de Brasília conseguiu fazer com que uma menina de 4 anos com síndrome de Down pudesse assistir aula. Uma das medidas que ela tomou para acolher a aluna foi chamar uma uma nova professora no quadro. A menina esperava por uma vaga desde o início do ano.

Aline Dantas é diretora do Jardim de Infância da 312 Norte há nove anos. Para ela, fazer com que Débora de Souza frequente a sala de aula traz benefício para todos os alunos.

“A convivência, o respeito, ele saber que existem as diferenças e que eles podem conviver juntos. O aluno que não tem essa necessidade consegue perceber isso no outro e ver que é natural, que isso é um ganho muito grande pra vida dele todo.”

Desempregada, a mãe da menina, Vanderleia Araújo de Souza, diz que só conseguiu descansar depois de conseguir matricular a criança. “Estou dormindo assim um sono tranquilo enquanto nos seis meses nãoconseguia mais dormir. Era mais chorar do que sorrir e agora estou sorrindo”, emocionou-se.

Segundo ela, o comportamento da filha mudou “totalmente” com a inclusão da menina. “Minha filha já está começando a ler a escrever, pintar. Já conhece letra, já conta até 10. Então assim o desenvolvimento esta deslanchando eu não tenho assim palavras.”

Fonte: http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2016/06/persistencia-de-diretora-garante-vaga-aluna-com-sindrome-de-down-no-df.html