Descrição da imagem #PraCegoVer: A imagem está no formato retangular, na horizontal. Nela estão a pequena Ana Luíza e seu pai, o artista Elitan. Eles estão abraçados e ambos sorriem. Fim da descrição.
Elitan e sua filha Ana Luíza, que inspirou a Turma do Dauzito (Foto: Divulgação)

 

Há alguns anos, o artista mineiro Elitan David foi surpreendido pelo destino ao receber em seus braços uma filha com síndrome de Down. Como acontece na maioria dos casos, a notícia foi dada de forma equivocada, causando muita preocupação e um certo sofrimento. No entanto, a princesa Ana Luíza sempre foi motivo de muito amor, felicidade e alegria para toda a família.

Ao perceber que o sofrimento que sentiu poderia ter sido minimizado se tivesse tido acesso a informação adequada, ele teve um insight de utilizar seus conhecimentos para ajudar no processo de informação e inclusão.

Foi assim que, enquanto procurava incluir sua filha nas escolas convencionais, e lutava com as dificuldades inerentes a este processo, ele viu a necessidade de criar a Turma do Dauzito, um grupo de personagens que servem à causa da inclusão, visando dar voz, de forma lúdica e leve, a esse tema que se tornara vital para ele e sua família.

Descrição da imagem #PraCegoVer: As imagens estão no formato retangular, na horizontal. Nela estão os personagens Dauzito Guto, Ana Dauzita e Uruda. Fim da descrição.
Os personagens da Turma do Dauzito (Imagens: Reprodução)

 

A Turma do Dauzito trilha dois caminhos principais: O primeiro é o de desmistificar e trazer luz sobre temas tais como inclusão, síndrome de Down e deficiência, mostrando à sociedade o grande erro que se esconde por trás da discriminação e do preconceito.

O segundo caminho visa levar informação aos pais e mães que sofrem mais do que deviam ao lado de seus filhos.

A diversão e o lúdico é visto pelo criador dos personagens como uma forma muito eficiente de quebrar barreiras e entregar mensagens importantes.

Os três primeiros personagens são o garoto Dauzito Guto e a garota Ana Dauzita, além de um simpático alienígena chamado Uruda.

Além  desses  três, Elitan está preparando personagens jovens e adultos. Há também um núcleo do mal, com personagens que tipificam o preconceito e o bullying, por exemplo.

 

fonte: http://www.acesseportal.com.br/2017/05/30/turma-do-dauzito-quadrinhos-pela-inclusao/